30

Precisamos de mais comunidade!

Normalmente eu gosto de comemorar o aniversário do site. Em anos anteriores tivemos números interessantes para mostrar e muito o que comemorar (nem tanto no último).

Este ano o ponto principal talvez seja a queda de qualidade do conteúdo geral, mas principalmente das perguntas. Quase não se pergunta mais o que sempre gostamos, algo que ajude muita gente, algo que ajude o site ser mais visitado, que traga gente que queira aprender. Hoje a grande maioria das perguntas são pedidos de ajuda individual que tem uma chance muito pequena ou nula de ajudar outra pessoa, não só pelo assunto, mas também pela forma que ela é feita.

Não ajuda o fato de algumas pessoas quererem responder assim mesmo, ou por causa dos pontos, ou porque acham que podem ajudar mesmo que não seja o caso no formato da pergunta, por ingenuidade de como essas coisas descarrilham rápido ou porque ela mesma não entende o quanto aquilo é problemático ou outro motivo. E isto tem se tornado fonte de conflitos constantes.

Por tudo isso não tem muito o que comemorar, chegamos aqui em situação bastante crítica. O peso desses conflitos está ficando muito grande, o custo de manter a qualidade está alto. Aquela ideia de ser um site de pouco ruído já não existe mais, de um jeito ou de outro há muito mais ruído do que sinal limpo.

Algumas pessoas reclamam que é desanimador não conseguir fazer uma pergunta bem aceita. Imagine quem está há 6 anos todos os dias aqui, lidando com isso o tempo todo. É frustrante ver cada vez mais perguntas ruins e cada vez menos interesse ou capacidade das pessoas de resolver os problemas. É desestimulante ver até mesmo alguns membros ativos que não dão valor para isto ou não ajudam manter a ordem (sem querer cobrar que essas pessoas tenham obrigação de fazer mais do que já fazem, mas fazer quase tudo sozinho não é fácil).

E não sei que adjetivo usar para expressar a contrariedade das mudanças recentes da SE tornando a plataforma mais propensa a ter esses conteúdos ruins e sem mudar nada para lidar melhor com isso (imagine se ela cogitaria a ideia que alguns tem de começar a pergunta fechada e abrir se ela merecer, já que hoje em dia tem consideravelmente mais conteúdo ruim do que bom).

Tudo isso me faz pensar se vale a pena esse esforço todo que tenho e se vale o esforço de outros. Claro que não posso falar por todos, mas faço uma pergunta até para não ficar só como uma anti comemoração ou desabafo. Você acha que o esforço atual que acredito estar maior que antes para manter a qualidade e o resultado obtido está valendo a pena?

Considere ainda que falta apoio e sobram críticas.

Será que não é outra de deixar a qualidade pra lá, se conformar com o que foi feito no passado valeu a pena e agora só temos um site como outro qualquer de ajuda individual que não tem mais presunção de qualidade?

Não seria melhor mudarmos nossa postura?

São perguntas reais, não estou propondo isto. Até porque se mudar não sei se tenho interesse mais em continuar no site, ele passa ser algo quase igual ao Yahoo! Respostas que sempre foi tão criticado aqui. Ok, tem algumas vantagens, mas o Y!R tem algumas respostas boas no meio de tanta ruim. Será que não vai acontecer isso com o SOpt daqui 6 anos e não acharmos mais as boas facilmente.

O padrão de votação já indica que não há nem valor mais para as coisas antigas. Sempre tinha novos votos aqui e ali, isto praticamente desapareceu. Não há mais uma classificação consistente, não votam suficiente para cima ou para baixo.

Quando diziam que no Brasil este tipo de site com regras mais rígidas não daria certo, eu, equivocadamente, dizia que não. Não que o pessoal de Portugal tenha contribuído de forma muito melhor.

De fato quase todo mundo que ajudava muito o site se afastou ou diminuiu bem a atividade. Não quero dizer que agora só tem pessoas com um postura que não ajuda, mas essas que ajudam se tornaram escassas e insuficiente para lidar com tanto problema.

É fato que está todo mundo cansado, em vários pontos não vemos participação que demanda qualquer esforço adicional salvo um espasmo aqui ali de um ou outro usuário. Este post não gerará muita repercussão. Não como antes.

A culpa não é de todo do SOpt, parece que a sociedade está caminhando rápido para um lado bastante desagradável, o que acontece aqui parece ser só reflexo disto. Eu ainda não acho certo assentar esta postura, mas não sei quanto mais forças terei para tentar fazer o que acredito ser o certo dentro da evidência empírica que tenho do que dava certo e agora o que não dá. Me frustra muito ver tanta gente indo como um trem desgovernado e eu não conseguir convencê-las disto. Talvez eu esteja errado, mas se não estiver todo pagarão um preço alto.

Não é a toa que temos a primeira geração de pessoas que ganham menos que seus pais, na média, na mesma idade. E a distribuição de renda nunca foi tão afetada pela (falta de) educação de alguns em comparação aos que conseguem melhores resultados. Educação no sentido amplo. Também não é de surpreender que o Brasil foi considerado o país com população que está mais afastada da realidade no mundo (nenhum país se saiu bem, mas o Brasil foi inacreditável, tudo é achismo, fazem relações completamente absurdas, acreditam em coisas sem sentido, por isso tantas perguntas partem de premissas erradas e até a participação no site fica comprometida, ninguém quer entender o que de fato está acontecendo).

Eu não sei o que fazer, tenho um tempo para decidir meu futuro no site, que pode ir para qualquer lado em qualquer graduação, e posso mudar quando eu achar que devo. Mas não é fácil continuar assim, sem apoio, sem reconhecimento, sem nenhum tipo de ganho mesmo intangível, não é fácil. Eu fiz o que pude e farei mais se ainda puder.

Eu gosto de sempre agradecer aos que colaboraram para manter o site em alta mesmo com todas essas dificuldades. Me desculpem os erros que cometi, sempre foi com boa intenção e talvez pelo volume de atividade já que poucos colaboram.

As perguntas não são retóricas, é para responder mesmo.

O SOpt ainda é um site que não aceita tudo

|
  • 11
    Um pensamento que eu estava tendo hoje, que é relacionado à sua questão: se a moderação está em desacordo com a comunidade (no geral, não só com alguns usuários específicos), até que ponto a moderação está representando-a? Sabemos que tempos mudam e que interesses mudam. Devemos mudar a moderação ou devemos mudar a comunidade? Até agora foi tentado, sem êxito, mudar a comunidade. – Woss 11/12/19 às 14:22
  • 3
    @Woss de certa forma concordo. Não da maneira que talvez vc espere, mas eu também acho que moderar algo contra a filosofia da empresa dona desse algo é improdutivo. Quando eu entrei era bem clara a filosofia. Aparentemente mudou, mas ninguém oficializou (e eu pedi muito isso para o CM da época, mas nunca veio qualquer mudança oficial a não ser algumas coisas MUITO recentes, que fogem da discussão aqui). – Bacco 11/12/19 às 14:33
  • 3
    Para clarificar: não sugeri mudar a moderação; eu não tenho opinião formada sobre e só quis compartilhar o pensamento. Mas compactuo que pode acontecer de um moderador julgar que a comunidade não faz à altura quando ele passa a discordar desta e deixa de representá-la. Neste seria o caso de o moderador deixar o cargo aceitando que a comunidade não é mais aquilo que era, análogo à questão que usuários precisam entender que o SOpt não é o site que buscam. Essa fronteira, de quando um moderador "precisa largar a toalha" é bem complicada de definir, pelo menos para mim. – Woss 11/12/19 às 14:39
  • 4
    Sobre "a moderação est[ar] em desacordo com a comunidade", então pergunto: que comunidade/fatia estamos falando aqui? Se é uma fatia de neófitos considerável, então eles não deveriam ser considerados [inicialmente] como "forasteiros"?, e, portanto, não "membros" da comunidade? Ou deveríamos acolher todos como "cidadãos de primeira classe"? Assim sendo, a "comunidade original" deveria estar sujeita a ser sobreposta por uma onda de novatos e aceitar a vontade da maioria? Fica o questionamento em definir "comunidade"... – Jefferson Quesado 11/12/19 às 14:44
  • 7
    Quando tem de ser a moderação em vez dos CM's a fazerem estas publicações já fica tudo dito ;) – Jorge B. 11/12/19 às 15:17
  • 3
    Uma coisa é certa, se a falta da SE aqui tem um mal, também tem um bem. A comunidade é que decide aqui. Se algumas pessoas se comprometerem com isto eu sou pessoa de voltar ao ativo. Mas sou sincero não tenho tempo nem vontade de fazer o trabalho todo que fazes ou perto disso. Se for para dividir para conquistar conta comigo. – Jorge B. 11/12/19 às 15:41
  • 2
    O problema não é a comunidade, o problema está numa geração que passou por um processo de degradação intelectual que não tem consciência disso e acredita que ser hedonista é uma coisa normal e aceitável, e essa geração está chegado a vida universitária ou está a margeando. No que tange a comunidade, o processo conflituoso que estamos vivendo, é devido a está absorção que gera um choque cultural entra a comunidade que valoriza o mérito, esforço e conhecimento e os novatos que estão chegando que valorizam o prazer prazer, imediatismo e resolução imediata de seu próprios problemas. – Augusto Vasques 11/12/19 às 15:44
  • 1
    @JeffersonQuesado É uma questão ainda mais interessante. Até que ponto devemos ser saudosistas e lamentar por aquilo que a comunidade era (e deixou de ser) e quando deveríamos adotar, mesmo a contra-gosto, a "nova" comunidade. – Woss 11/12/19 às 15:52
  • 4
    A SE já deixou claro muitas vezes que prefere quantidade à qualidade; a comunidade está gerando quantidade ao invés de qualidade. Talvez seja a hora de aceitarmos que somos nós o problema e que o site não é o que queríamos que fosse. – Woss 11/12/19 às 15:56
  • 3
    @Woss (Parte II) fiz o primeiro comentário sobre a empresa. Agora sobre comunidade, vamos pegar meu caso como exemplo: fui eleito faz 1 ano e pouco, e quem votou em mim votou em uma proposta. A proposta não mudou nesse um ano. Ou seja, se tem alguém que representa a comunidade são os moderadores eleitos, não? A não ser que quem tenha votado não represente a comunidade, claro... mas se for esse critério, vai ser sempre um cachorro correndo atrás do rabo então (vamos precisar eleger o "moderador da semana" para acompanhar a volatilidade da comunidade). – Bacco 11/12/19 às 16:09
  • 3
    @Todos. Eu acho que precisaria eleger mais dois moderadores, estou falando de aumentar o quadro de moderadores e não motim, com responsabilidades específicas, para aliviar o fardo dos moderadores atuais. Seria um para promover os valores e a identidade do ptSO e outro para enquadrar e direcionar os novatos. Ou delegar moderação temporária ao usuários com mais tempo e mais ativos para medir qual o impacto na comunidade. – Augusto Vasques 11/12/19 às 17:00
  • 3
    @Maniero Não sei dizer se minha visão mudou de fato, mas estou bem propenso a isso. Vejo que nadar contra a corrente está gerando estresse demais para todas as partes e manter assim também não é saudável para a comunidade. Também não consigo avaliar se vale a pena seguir como estamos fazendo priorizando a qualidade ou se deixamos a barca seguir o fluxo natural. Praticamente tudo o que víamos como necessário para resolver os problemas dependiam da SE e eles nunca mostraram interesse em mudar; é uma luta perdida que eu já não vejo vantagem em manter. – Woss 11/12/19 às 17:06
  • 2
    @AugustoVasques Acho que isso ajuda mas não resolve, a quantidade de gente nova que chega todo dia e não quer saber das regras é grande demais. Acho que o próprio site deveria instruir novos usuários, aliviando o fardo dos poucos que ainda tentam fazer isso. Coisas como essa, por exemplo, seriam muito mais eficientes nesse sentido, mas as prioridades da empresa parecem ser isso e isso – hkotsubo 11/12/19 às 17:13
  • 5
    @Maniero Basicamente, sim. Hoje não vejo garantias de que a SE irá reconhecer todo o nosso esforço para manter a qualidade, já deu indícios de que pode mudar tudo para pior sem aviso prévio e sem consultar a comunidade; é um investimento unilateral, sem retorno. Para mim, está parecendo que chegou a hora de dar à SE o site que ela quer e lavarmos as mãos. Aceitar que o site não é aquilo que queríamos e que provavelmente nunca será. – Woss 11/12/19 às 17:21
  • 5
    @Maniero se você reparar está mais para fórum que para facebook. Nos fóruns é que se faziam perguntas especificas. Respondia-se o que se achava e pronto, nunca mais ninguém queria saber. A sorte do SO é que tem muita informação boa antiga. Mas quando essa info começar a ficar desatualizada vai surgir outro site qualquer que vai acabar com este. – Jorge B. 11/12/19 às 18:09

1 Resposta 1

9

Confesso que, ao ler os comentários, fiquei triste em ver o caminho que este site está indo por conta da comunidade atual, que como dito por muitos, reflete o comportamento das gerações mais recentes de programadores. Eu sou dessa geração mais nova e isso acentua ainda mais a minha infelicidade com isso.

Como já foi amplamente discutido nos comentários, as causas desse fenômeno são muitas. Principalmente o reflexo da "geração hedonista", como colocado pelo @AugustoVasques, a falta de usuários experientes para moderar o site e a falta de interesse dos novos usuários em entrar para esse grupo de usuários experientes que colabora com a moderação do site.

Eu confesso: não sou tão ativo no site, principalmente nas filas de análise, porque meu tempo não permite isso. Isso me inclui na parcela de pessoas que não ajuda totalmente com o site?


É nessesário, sem dúvidas, resolver esse problema. Não podemos tornar este site um Facebook ou um Yahoo! Respostas. Temos que lutar pela manutenção do StackOverflow em Português e a sua qualidade, que antes era quase que inquestionável.

No entanto, para isso, não basta apenas ser rígido. Há de se mostrar aos usuários o que é realmente valioso nesse site: o aprendizado. Ao contribuir com o SOpt, você não ganha apenas reputação, mas também uma enorme bagagem de conhecimento, ao explorar e responder as dúvidas que outras pessoas tiveram.

O ganho de conhecimento é o que alimenta a minha vontade de acessar esse site diariamente. Sem dúvidas aqui é o lugar em que eu mais aprendo atualmente. Precisamos de ideias para tornar isso um pouco mais enfatizado. Alguém tem sugestões?

Também hemos de ser mais amigáveis com os usuários novos. Não estou dizendo que fechar as perguntas é desnecessário. É completamente necessário. Por que não melhorar a interface para quando uma pergunta é fechada?

  • Talvez, quando for duplicada, mostrar uma caixa de diálogo perguntando: "Alguma dessas questões resolveu o seu problema? [Sim / Não]". Em seguida, ao clicar em "Não", a pergunta é automaticamente reaberta. Será que isso é viável?

  • Uma outra sugestão, quando a pergunta estiver mal formulada ou com poucos detalhes, é enfatizar o botão de editar a pergunta, talvez com um tooltip sempre visível dizendo: "Edite a sua pergunta acrescentando mais detalhes para que ela possa ser, eventualmente, reaberta". Viável?

As novas gerações não gostam de ler (eu me incluo nisso, mas felizmente estou mudando depois que conheci as incríveis histórias de Tolkien), e esse tipo de adequação na interface para tornar o conteúdo dinâmico pode ser muito benéfica. Poderia, inclusive, criar uma opção para que os usuários mais antigos não visualizassem essas alterações, através de uma opção nas configurações do usuário.

Eu sei, é um trabalho grande, e eu acho difícil que a SE faça isso acontecer. Mas será que se a comunidade lusófona fizer barulho eles não tentam fazê-lo?


P.S.: Parabéns ao SOpt pelos seus 6 anos. :)

|
  • 4
    Um comportamento dessa geração criado pela geração anterior, então ela cria seus filhos de forma ruim porque era o que queriam e os pais deles não deixavam, só que os pais sabiam o que estavam fazendo, gerava gente apta pra sociedade. Agora esse geração de pais não ajudam seus filhos e aí começam aproveitar que tudo começa mudar e muda seu comportamento. Tem muita gente da geração anterior que está pegando a onda da displicência agora, porque sempre quiseram isso. Redes sociais estão destruindo a capacidade das pessoas e é a nova religião. Sempre indico as pessoas assistirem esse filme que já – Maniero 16/12/19 às 10:59
  • 3
    não é tão absurdo assim, se prestar atenção muito do que está ali já começou: imdb.com/title/tt0387808. Não dá para enxugar gelo com poucas pessoas querendo isso e alguns jogando água em cima. Eu já pendei se tudo e não vejo como resolver o problema, espero que alguém veja. Tudo passa por ter mais participação, o que não podemos exigir de ninguém. Sugestões de melhoria da UX do site passa pela SE que em geral não tem feito nada, muita vezes rechaça as sugestões. A coisa de não gostar de ler é um sinal que a pessoa não deveria programar, nossa área (se não sei se é tão coisa nossa – Maniero 16/12/19 às 11:00
  • 3
    mesmo) exige muita leitura, e aprofundamento do que leu, precisa entender, não pode só seguir receitas. Nossa área tem atraído gente achanado que vai ganhar bem, mas isso só acontece pra quem faz tudo certo. Já estou vendo programador ganhar mais de 26k/mês no Brasil quando inclui bônus (fui nessa empresa esses dias), mas a maioria do que está entrando na área tem ganho entre 1 e 3 salários mínimos, que é abaixo do que o mínimo deveria ser (muitos ficam abaixo de 500 euros para os portugueses entenderem). Pura ilusão. E falta gente, como falta, em geral ficam sempre 30% de vagas sempre abertas – Maniero 16/12/19 às 11:06

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .