-5

Há uns 7 anos atrás eu era assíduo do SOpt e o site fluía muito bem, mas hoje em dia, apesar de eu não ser mais um assíduo, vez em quando eu entro e vejo que (vou chutar por baixo) 90% das perguntas estão fechadas, a maioria não por votos, mas por moderadores. Olhei apenas nas 2 primeiras páginas, onde eu setei pra ver 50 perguntas por páginas.

No SO gringo eu fiz a mesma coisa a não vi sequer uma pergunta fechada nas 2 primeiras páginas, 0%. Eu sei que esse tema já está pacificado comparando o SOpt com SO gringo, mas não vim aqui comparar os dois sites.

A minha questão era se não seria legal que os moderadores fossem mais tolerantes, ou seja, alargassem o alcance de tolerância em perguntas ruins em vez de fechá-las sumariamente. É verdade que muitas das perguntas fechadas (senão a totalidade delas) realmente são péssimas, mas não seria a hora de aumentar o nível de tolerância para que o site voltasse a fluir melhor no sentido das pessoas quererem frequentar, perguntar, responder etc.?

A impressão que dá é que o site está emperrado, tipo uma cidade fantasma. Acho que teria que dar uma maior tolerância porque a maioria dos usuários novos que se cadastram aqui são iniciantes em programação e a maioria não sabem nem se expressar. Dificilmente um programador experiente irá fazer uma pergunta. Programadores experientes frequentadores do site estão lá mais pra responder perguntas.

6
  • 3
    Eu estive olhando a página de perguntas do SO e no intervalo de uma hora entre a publicação da sua pergunta aqui e o momento em estou lendo, nessa madrugada de domingo entraram no SO 97 perguntas sendo até o momento 3 foram fechadas, ao olhar por cima as salas de chat do SO não vi a presença de moderadores ou seja lá no SO ingresso de perguntas é muito maior que o nosso dificultando a curadoria e moderação de conteúdo de baixa qualidade. Se olhar o META SO na tag closed-questions a reclamação sobre fechamentos é constante. 31/03 às 5:40
  • 4
    Eu concordo que dificilmente um programador experiente irá fazer uma pergunta e que programadores experientes frequentadores do site estão lá mais pra responder perguntas. Sim, más há um fenômeno que ocorre aqui e não ocorre lá, os usuários aqui estão reiteradamente fazendo perguntas duplicas, não há o aparecimento de questões novas. São feitas sempre a mesmas questões cujo a solução poderia ser encontrada ao se fazer uma consulta no acervo do site. Uma ou outra duplicata escapam, as respostas nessas duplicatas em geral tendem a absurdos que poderiam serem evitados se houvesse consulta prévia. 31/03 às 5:49
  • 2
    Outra coisa que esqueci de mencionar, diferente daqui o SO possui o programa Staging Ground que é uma área reservada onde os novos usuários podem obter ajuda e feedback de revisores experientes no Stack Overflow antes de suas perguntas entrarem no site principal. Esse programa foi iniciado em 2022 e trás resultados positivos na introdução de novos usuários na cultura da plataforma. 31/03 às 6:12
  • 1
    Outra ferramenta que também está mostrando algum resultado e não dispomos é a pesquisa orientada por IA onde antes do usuário criar uma pergunta a IA busca dentro do acervo do site possíveis soluções já encontradas. 31/03 às 6:15
  • 3
    Fechamentos não são um problema, são uma consequência. Se está tendo muitos fechamentos, é porque está tendo muito conteúdo ruim no site, e não acho que seria legal "suspender" ou afrouxar as regras depois de tanto esforço da comunidade em filtrar o conteúdo. 1/04 às 0:10
  • 3
    Se mesmo assim acredita que estamos sendo intolerantes, bom, já existem muitas perguntas no meta a respeito disso e estamos cansados de tentar argumentar contra isso. Existem formas de melhorar o cenário como um todo, mas não depende da comunidade atualmente. Mas, se achar que estou enganado, ficaria feliz em mostrar como podemos melhorar a moderação e manter a qualidade do conteúdo deste site. 1/04 às 0:11

1 Resposta 1

5

Resposta curta

Se a empresa dona do site mudar o discurso oficial, aí podemos pensar em outros critérios.

Resposta longa

Sei que não parece, mas o discurso oficial ainda é "construir um repositório de conhecimento, com perguntas e respostas canônicas que sirvam não só para quem perguntou, mas para qualquer visitante futuro". E não fui eu quem inventou isso:

Tweet de um dos fundadores do Stack Overflow, enfatizando que o foco do site são os visitantes futuros
Eu queria que mais pessoas entendessem que o objetivo do Stack Overflow não é "responda minha pergunta" e sim "vamos, de maneira colaborativa, construir algo que beneficiará futuros desenvolvedores".
Jeff Atwood, um dos fundadores do Stack Overflow

Isso foi postado em 2018, mas ainda é o discurso oficial. E isso vale não só para o Stack Overflow, mas também para toda a rede Stack Exchange. São dezenas de sites com assuntos variados, mas com um ponto em comum: a ideia de criar um repositório de conhecimento sobre determinado assunto, para que seja uma fonte de referência duradoura e de qualidade, com foco nos visitantes futuros. Lembrando que a maior parte dos acessos é de usuários não-logados que chegam por ferramentas de busca, é para estes que o site foi desenhado (nós somos apenas os peões que geram conteúdo de graça pros outros).

Todas as regras básicas que vigoram por toda a rede derivam desta ideia primordial. Não permitir duplicações, pesquisar antes de perguntar, ser mais rígido que a média dos outros sites, qualidade mais importante que quantidade, otimizar os posts para indexação por mecanismos de busca, foco na utilidade para visitantes futuros (oposto de helpdesk) etc.

O que aconteceria se relaxássemos esses critérios?

Não precisa especular, pois já tivemos exemplos na prática. Nos últimos anos a empresa dona do site tomou várias ações para incentivar mais quantidade, sacrificando a qualidade. A maioria envolvia "ser menos rígido". Em vários sites, incluindo o SOpt, teve uma época em que foram permitidas certas coisas que hoje são fora do escopo, e não foi nada bom, com consequências ruins ecoando até hoje. Atualmente sabemos que o objetivo era inflar os números para que o site fosse vendido. Mas a empresa nunca admitiu isso, preferindo manter o discurso oficial da qualidade e tudo mais.

De qualquer forma, cada "ciclo de relaxada" gerou uma queda na qualidade geral. Afinal, quando se é menos rígido, passa-se a aceitar mais respostas erradas, que desensinam e causam mais estrago do que ajudam. E se os donos do site apoiam isso, chegando ao ponto de chamar de "tóxico" quem aponta e corrige esses problemas, tem-se o cenário perfeito para que a gambiarra prevaleça.

O site só não degringolou de vez porque ainda tem usuários antigos que se preocupam com qualidade e se apoiam no discurso oficial da empresa. Mesmo que todas as ações dela apontem na direção contrária - e este é o principal dilema a ser resolvido: ou muda-se o discurso oficial, ou ficaremos eternamente neste impasse.


Além disso, temos vários exemplos reais de outros sites, que mostram bem o que acontece quando se é menos rígido.

O mais provável é que, se relaxarmos os critérios, o site se transforme em mais um fórum, coisa que sempre fizeram questão de dizer que não é (ver também aqui). Ou seja, viraria mais um lugar com conteúdo repetitivo e difícil de encontrar qualquer coisa (porque os títulos são genéricos tipo "Ajuda com código", "Meu programa não funciona" e "Dúvida em [linguagem]" - parte do site já está assim e não está nada bom, imagina se quase tudo for desse jeito). No longo prazo, os usuários cansam de responder sempre as mesmas coisas (ou de pedir mais detalhes senão nem tem como responder) e o site eventualmente morre. Aliás, esse é o velho e conhecido problema dos fóruns, e resolvê-lo foi uma das motivações para a criação do Stack Overflow.

Ou talvez vire um Quora, outro que não se preocupa com qualidade e nem com facilidade de encontrar conteúdo. Ou, se piorar muito, pode ser que vire um Yahoo Respostas. Felizmente ele deixou de existir, mas é talvez o melhor exemplo do que acontece quando não há regras e nem moderação: um dos piores sites que já existiu, onde era impossível achar qualquer informação útil. Provavelmente uma das maiores concentrações de asneiras por megabyte da história.

É isso que queremos? Hoje já está cada vez mais difícil encontrar algo, porque tudo fica perdido em meio ao lixo, ou espalhado em vários posts duplicados (e você tem que dar sorte de achar o que tem respostas boas). Isso acaba jogando fora o trabalho de criar conteúdo bom. E se a quantidade de lixo aumentar, ficará ainda mais difícil, matando de vez o propósito do site. Quem quer o helpdesk liberado não pensa nestes efeitos de longo prazo, não percebem que no fim todos sairão perdendo.


E estamos esquecendo de outro detalhe importantíssimo: um dos trunfos do site, especialmente no início, é que ele conseguiu atrair especialistas. Foi isso que gerou as melhores respostas, muitas que se tornaram clássicas e resistiram ao teste do tempo. E manter a régua alta tem o ótimo efeito de manter os especialistas interessados em continuar participando.

Se o site virar um grande helpdesk, isso também irá repelir os especialistas, fazendo a qualidade geral cair. Isso não é palpite, já vimos acontecer. Mais de uma vez a empresa dona do site acusou os usuários antigos de "tóxicos" (só porque eles queriam preservar a qualidade e principalmente seguir o discurso oficial da própria empresa), e disse que deveriam pegar leve com os novatos. Na prática, ela disse - não com essas palavras, mas a mensagem foi bem clara - que deveríamos ser mais permissivos com helpdesk, e aí uma parte dos especialistas saiu. Tivemos outras debandadas depois disso (sempre depois de alguma ação que privilegia a quantidade e/ou destrata os usuários antigos), e a qualidade geral consequentemente caiu mais e mais.

Com isso muita coisa atual acaba não sendo avaliada corretamente, é só ver nos últimos anos como aumentou a quantidade de respostas com gambiarras terríveis, com código vulnerável a SQL Injection, e vários outros erros grotescos. E se você aponta algum desses problemas, te chamam de "tóxico" e "no site em inglês não acontece". Mas será que não acontece mesmo?

No SOen (Stack Overflow em Inglês) acontece sim

Mas tem um detalhe que faz com que nem todos tenham a mesma percepção: a escala.

Olhando os dados de hoje (abril/2024), temos o seguinte:

Stack Overflow Total de perguntas Perguntas por dia
Inglês 24 milhões 2500
Português 154 mil 13

"Perguntas por dia" considera apenas as duas últimas semanas.

No passado os números eram maiores, mas ainda sim a diferença entre os sites em inglês e português é brutal, e ajuda a explicar certas percepções. Em um site com poucas perguntas por dia, é muito mais fácil moderar e qualquer ação é facilmente percebida por todos. Se tivermos 13 perguntas em um dia e 10 são fechadas, claro que todo mundo vai perceber que "tudo é fechado". Para ter a mesma impressão no SOen, precisaria fechar cerca de 2 mil perguntas por dia. Só que lá não tem gente suficiente pra fechar tudo isso (segundo estes números, a média de 2023 foi de cerca de 789 perguntas fechadas por dia), então muita coisa acaba passando batida, ao ponto de muitas vezes não ter nenhuma pergunta fechada na home do site, dando a falsa sensação de que lá é menos rígido. Não é, os critérios são basicamente os mesmos, o problema é a falta de pessoas para moderar tudo (a fila de revisão vive lotada, por exemplo). Daí a sensação de que lá "não acontece".

Inclusive, como já dito nos comentários, se for ver no Meta SOen, lá também tem inúmeras reclamações sobre "rigidez", "negativos injustos", etc. Indo além, nos Meta sites de toda a rede, e principalmente no Meta Stack Exchange também têm reclamações frequentes sobre essas coisas. Aliás, este último é especialmente rígido e o pessoal é bem mais "seco" nas respostas (se você acha o SOpt rígido, ainda não viu nada).

Talvez você não encontre muitas dessas reclamações porque várias são apagadas sem dó, especialmente por serem meros desabafos que nada acrescentam, ou simplesmente duplicadas. Mas o principal ali é que a resposta costuma ser sempre a mesma: o objetivo de qualquer site da rede Stack Exchange é o de ser um repositório de conhecimento, com perguntas e respostas canônicas etc. Outro detalhe é que nestes mesmos Meta sites sempre aparecem sugestões parecidas, de ser menos rígido, "mais amigável com iniciantes", etc. E tais propostas sempre são rejeitadas, e a resposta, adivinha, é porque isso vai contra a ideia de ter o repositório de conhecimento, etc.

Então no fim tudo parte dessa ideia central (o tal do repositório de conhecimento), e enquanto isso for o discurso oficial, não vejo motivo nenhum pra mudar. Mesmo que as ações dos donos do site sejam contrárias ao discurso.

Sabemos que hoje a empresa quer quantidade (milhões de usuários postando o tempo todo), mas isso é incompatível com a qualidade desejada (o tal repositório de conhecimento). A maioria, por definição, não é especialista - ou só é em um ou poucos assuntos - então um repositório canônico utópico teria poucas pessoas postando sobre cada assunto.

Talvez seja hora da empresa largar o osso e admitir que o ciclo chegou ao fim. Praticamente todas as perguntas básicas e intermediárias (e muitas das avançadas) já foram feitas e respondidas. O que sobrou são tecnologias ou versões novas (que surgem a todo momento, mas não são suficientes para gerar o mesmo volume dos velhos tempos), e isso é incompatível com a quantidade de participação que os donos do site desejam.

Quase tudo que um iniciante quer saber pode ser encontrado em alguma pergunta já existente, e quando indicamos uma duplicada, estamos tentando ajudar (embora a interface do site não colabore com esta percepção). Permitir conteúdo duplicado ou de baixa qualidade só vai poluir o site, dificultando a busca (além de ensinar errado, o que acaba sendo pior do que não encontrar a resposta). Sem contar que isso incentiva esse comportamento de perguntar sem pesquisar, que eu considero um dos grandes males atuais, principalmente na nossa área, na qual é uma habilidade essencial saber o que, onde e como pesquisar.

Talvez seja por isso que a empresa não assuma de vez que para ela a quantidade é mais importante que a qualidade. Se o helpdesk rolar solto, começa a ter ruído demais (trocentos tópicos duplicados ou mal formulados, com títulos ruins, ninguém acha nada, etc). O site perde em indexação, e consequentemente, em acessos (de novo, não é especulação, já estamos vendo isso acontecer nos últimos anos). E adivinha o que garante a boa indexação e conteúdo de qualidade? A tal da rigidez que tanto criticam.

Sem o principal ativo do site (conteúdo de qualidade facilmente encontrado), começa o círculo vicioso que já vimos em tantos fóruns: fica tão difícil encontrar algo, que as pessoas preferem perguntar de novo a mesma coisa. E o fazem sem esforço, de qualquer jeito, porque sabem que sempre haverá alguém disposto a responder com qualquer gambiarra que "funciona". Preciso dizer os efeitos ruins que isso teria para a nossa área no longo prazo? Isso já acontece em certa medida, mas imagina se um dos maiores sites sobre programação passar a incentivar este comportamento.

Não vale a pena mudar

Se for para mudar completamente o objetivo do site, eu acho mais fácil alguém criar outro, focado no helpdesk desde a concepção. Assim esse novo site já pode nascer sem os "vícios" do SO, e com mecanismos adequados para receber a enxurrada de tópicos repetidos, mal formulados e tudo mais que já sabemos que este tipo de site atrairia.

Afinal, se tem tanta gente insatisfeita com o Stack Overflow, e se querem tanto que ele seja de outro jeito (por exemplo, que aceite helpdesk e perguntas mal formuladas), então um novo site nestes moldes não teria dificuldades para atrair milhões de usuários e ser um sucesso, certo?

Não sei se vale a pena tentar mudar a essa altura do campeonato. Por mim podia preservar o que ainda restou de conteúdo bom, deixa tudo bem indexado pra gente consultar, apaga o resto e fecha o site para novos posts. Já deu o que tinha que dar...

3
  • 4
    ~10 anos antes (2008 ~ 2018): blog.codinghorror.com/introducing-stackoverflow-com - ...with the ultimate intent of collectively increasing the sum total of good programming knowledge in the world...
    – Syzoth Mod
    1/04 às 23:28
  • Talvez esteja na hora de um heapoverflow.com 🙃
    – bio
    4/04 às 10:59
  • 1
    Bom, eu discordo de um monte de coisa, mas talvez concorde com o "já deu o que tinha que dar". Sem mudar nada, realmente não tem o que fazer. E parece que os moderadores concordam. Talvez seja o caso de eles solicitarem à empresa o congelamento do site.
    – bfavaretto
    12/04 às 17:30

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .